Defesa Civil entrega 50 certificados de conclusão de cursos para voluntários

Cerca de 50 alunos, entre servidores da Prefeitura, estudantes do Instituto Federal Fluminense (IFF) e moradores do condomínio Minha Casa Minha Vida (MCMV) de Inõa receberam os certificados de conclusão do curso de capacitação em conceitos básicos da Defesa Civil. A solenidade aconteceu na sede da pasta, na Rodovia Amaral Peixoto. Nas aulas ministradas pelos agentes da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, os voluntários puderam ter noções de prática de combate ao incêndio, percepção de risco, noções básicas de hidrologia, como proceder em ambiente de desastres, importância de ter um núcleo comunitário da Defesa Civil, entre outras práticas. Dos 50 formandos, 18 eram servidores municipais, 25 alunos do IFF com idades entre 14 e 17 anos e sete representantes do núcleo de prevenção a desastres localizado no condomínio MCMV de Inoã, que também foram homenageados.

Durante a solenidade, o secretário da pasta, Luiz Carlos dos Santos, expressou sua felicidade em poder auxiliar na capacitação dos servidores municipais e a sociedade civil com relação aos conceitos básicos de Defesa Civil. “Isso nos deixa bastante contentes porque é o sucesso do projeto, o carinho que nós recebemos de ver que há resposta. Se o governo agir, a população responde”, declarou.

O secretário aproveitou a ocasião para falar sobre o diploma de Honra Ao Mérito recebido pela Secretaria Estadual de Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros pelo reconhecimento aos relevantes serviços prestados à população, destacando-se entre os 12 municípios mais atuantes do Estado do Rio de Janeiro. “Em razão de todo o investimento que foi feito pelo prefeito Fabiano Horta aqui no município, nós passamos a contribuir mais, nos capacitamos para essa integração ao Sistema Estadual de Defesa Civil dando melhores respostas. Isso alçou a Defesa Civil de Maricá a um nível estadual”, avaliou.

Aluno do 1° ano do Ensino Médio, Rafael Salvador, disse que vai aproveitar o aprendizado para disseminar o conhecimento aos seus familiares. “De uma certa forma eles passaram coragem a quem participou a querer também ser um voluntário e a querer ajudar a outras pessoas”, disse. “Eu vou mudar meu modo de viver e tentar induzir meus familiares a mudarem seu modo de agir perante à comunidade”, completou.

Servidora da Secretaria de Administração, Sônia de Assis, de 50 anos, parabenizou a iniciativa da prefeitura em dar oportunidade de poder conhecer técnicas de prevenção contra acidentes. “O curso é um aprendizado para a vida. Por exemplo, caso um botijão de gás pegue fogo, eles ensinam a apagar com o dedo. Assim, perdemos aquele medo de apagar. Ou quando a panela pega fogo, ao invés de se jogar água, é necessário abafar com a tampa. Isso evita incêndios de proporções maiores”, relatou.

Fotos: Marcos Fabrício

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s