Último Bike Night do ano tem número recorde de inscritos

A última edição deste ano do Bike Night, o passeio ciclístico noturno promovido pela Secretaria de Esporte e Lazer, foi o de maior procura entre as seis realizadas. Cerca de 350 inscritos participaram na última terça-feira (11/12) do circuito que partiu da Praça Orlando de Barros Pimentel e seguiu até a orla de Araçatiba, retornando em seguida. O evento, que teve o Natal como tema, foi marcado pela participação de muitas famílias e grupos de amigos e teve um sorteio de brindes na chegada.

Entre os participantes, havia gente que pedala desde a primeira edição do evento, ocorrida em junho. O casal de auxiliares de Recursos Humanos Eloi de Azeredo Ferreira, de 57 anos, e Cléo Marques, de 49, contou que participou de todos eles e, desta vez, levou a filha Victória, de 11 anos. “Achamos divertido e também conhecemos bastante gente nos eventos, além do exercício de pedalar que sempre gostamos”, afirmou Cléo, que mora no Flamengo. Do mesmo bairro vieram a estudante de Pedagogia Célia Martins, de 29 anos, e o filho Eduardo Henrique, de 9 anos, que estavam pela primeira vez no evento. “Não vim aos outros porque sempre perdia o prazo de inscrição, mas agora quero vir sempre, gostei muito”, disse ela.

Recém-chegados ao condomínio Green Park, o engenheiro Alexandre Morais, de 42 anos, e a empresária e triatleta Carolina Rebechi, de 28, levaram na garupa a pequena Eloá, de apenas 4 anos. “Ela só não veio pedalando porque queríamos saber como era o evento, mas nós adoramos. O ambiente é super familiar e dá para ver que é gente que gosta mesmo de pedalar”, observou Carolina. Já a professora de inglês Natália Yamada, de 26 anos, trouxe as irmãs Lisandra, de 25, e Isabele, de 21 anos, que moram em Araçatiba. “Chamei elas para virem comigo que é para criar o hábito de pedalar, além de ver também a lagoa, o pôr-do-sol, que são tão lindos aqui”, ressaltou Natália, que mora no Parque Eldorado.

Na avaliação de um dos coordenadores do Bike Night, Carlos Vagner, o evento ‘já pegou’ entre os ciclistas amadores e os mais experientes da cidade. Para ele, a prática ganhou mais um incentivo com a implantação das ciclofaixas na região do Centro. “Com certeza esse foi um grande estímulo que a atividade teve neste ano que termina. Em janeiro teremos uma edição de férias, possivelmente na segunda quinzena, para atrair também gente de fora que veio curtir nossa cidade. Em seguida, vamos elaborar o calendário para 2019”, disse Carlos Vagner, antecipando que a secretaria quer preparar um circuito específico para grupos de pedal de longa distância. 

Fotos: Paulinne Carvalho

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s