As belezas de Itaipuaçu pelas obras de Everaldo Rocha

Levar seu encanto, seu olhar e um pouco da sua história, é o objetivo da exposição ‘Minha paixão’ por Itaipuaçu do artista plástico Everaldo Rocha. A ligação com Itaipuaçu aconteceu em 2004 quando Everaldo se mudou para o bairro.Segundo ele, a mudança ocorreu quando se encantou pelo lugar e percebeu suas riquezas e desafios. “Procurei me informar sobre o local, identificar as diversas necessidades buscando as representações de artistas locais e com isso percorrendo todo o município, conhecendo artistas, principalmente os de Itaipuaçu”, comentou.
Ainda de acordo com Everaldo, desse levantamento surgiu o Fórum Cultural Municipal de Maricá. Foram nove dias com oficinas, palestras e apresentações para toda população de Maricá. Com foco em debater o futuro da Arte e Cultura dentro do município, realizado em conjunto com outros colaboradores dando espaço para o diálogo e criação de ações culturais locais como fomento da cultura local. Como continuação surge o Espaço Legal, voltado para a comunidade onde desenvolveu uma série de trabalhos culturais fazendo um intercâmbio de artistas, mostrando a arte local e incentivando a produção independente, com um olhar
Atualmente o artista vem trabalhando nas suas obras falando das necessidades locais, das belezas naturais e dedicando-se integralmente a sua arte e alunos em seu ateliê, no Jardim Atlântico.

Minha paixão por Itaipuaçu

Segundo Everaldo, o objetivo dessa exposição é mostrar o distrito de Itaipuaçu para todo público, explorando-o ao máximo, com informação sobre o local, dados históricos, registros de moradores e obras que transitam o sentimento dos moradores e admiradores e todos que tem uma história com Itaipuaçu.
“Quero registrar meu encanto e relação com Itaipuaçu através dessas doze telas e de uma instalação e um vídeo com intuito de apresentar ao público as belezas naturais do lugar assim como suas carências e dar a dimensão de sentimentos que Itaipuaçu pode despertar nas pessoas”, comentou.

Quem é Everaldo Rocha


É um artista plástico que pinta desde a adolescência. É autodidata, jornalista e designer, e já assinou a direção de arte da Divisão Revista da Ediouro Publicações (Internet BR, Internet Bussiner, Cabelos Cia, Revistas Coquetes e outras), Revistas de Bloch Editores (Pais & Filho, Incrível, Manchete e outras), de Jornais e Agências de Publicidade. Em 1990, sob o título de “Registro do Cotidiano”, realizou sua primeira exposição individual, onde retratou a miséria, através da experiência dos catadores de lixo do Rio de Janeiro e apresentou os sonhos e conflitos interiores das pessoas. Seu trabalho vem sempre refletindo cada uma das fases e época pelas quais esse artista vem passando. Sua cores são como seu temperamento; suas formas, como a sua busca em se tornar um ser melhor e seus temas são a história de sua vida”.
Participou do Seminário Ver e Decifrar a Obra de Arte (I e II) no Museu Nacional de Belas Artes.
Tem formação técnica em Artes Gráficas, pelo SENAI e em Programação Visual, também pelo SENAI. É jornalista-Diagramador.

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s