Folia da E.M. João Bezerra agita o Pré-Carnaval

Para os 500 alunos da Escola Municipal João Bezerra, que fica na Divineia, o Carnaval já começou. Divididos em cinco alas, eles desfilaram pelos arredores da escola na manhã desta quinta-feira (28/02), apresentando um samba enredo com o tema “Vida Saudável em Maricá”, composto pela inspetora de alunos e cantora Nete Rocha.

“Sempre fui intérprete de MPB, aqui no João Bezerra consegui unir o gosto por cantar com o gosto por ensinar. Quando comecei a trabalhar no município, tive a graça de conhecer a diretora Simone, que é a idealizadora desta grande festa carnavalesca e pedagógica. Estamos curtindo o carnaval, mas ao mesmo tempo, as crianças aprendem sobre temas do cotidiano”, destacou Nete.

De acordo com a diretora Simone Reis, o colégio que conta com turmas do 4° ao 9° ano, é composto, em grande parte, por alunos adolescentes. Para cativar este público, diversos projetos inovadores são trabalhados. “Somos uma escola completamente musical, temos rádio escolar e banda. Eles escolhem as músicas, dão sugestões, e estimulamos eles a participar ativamente, para que desta forma eles cultivem os nossos projetos”, explicou Simone, ressaltando que o projeto carnavalesco já faz parte da programação oficial da cidade, com 10 anos de existência. “Hoje a banda da escola conta com aulas regulares durante a semana, para cerca de 50 alunos”, finalizou.

Para Crisciane Silva, de 35 anos, que é mãe do aluno Miguel Áureo, a realização do bloco é positiva em diferentes aspectos. “Além do aprendizado, esta atividade contribui para o resgate do que é o carnaval de rua, com uma brincadeira saudável e respeitosa”, disse. Técnico sub-17 do Maricá Futebol Clube, Thiago Gonçalves falou sobre a participação dos atletas na folia. “Sou nascido e criado em Maricá, e a cidade melhorou muito em todos os aspectos. Na área esportiva, o secretário Felipe Bittencourt tem feito um trabalho muito bom, então está sendo uma honra para nós, estar representando um time que é novo na cidade, mas que já foi campeão do sub-17 no ano passado”.

Coordenadora de núcleos do projeto Maricá + Esporte, a professora de educação física Patrícia de Figueiredo Lopes falou sobre a participação da Secretaria de Esportes no evento. “No samba enredo deste ano, a escola fez uma homenagem ao Mamago (surfista maricaense falecido em setembro de 2018), que foi uma pessoa muito importante em Maricá. Como nós temos um núcleo de surf e bodyboard, trouxemos uma ala formada por dez alunos para representar o Mamago, a modalidade e o projeto Maricá + Esporte”, contou Patrícia.

Zacafolia reuniu alunos, professores e pais

A Escola Municipalizada Barra de Zacarias abriu alas para o carnaval e realizou nesta quinta-feira, 28/02, a Zacafolia, reunindo pais, funcionários e alunos para relembrar marchinhas de carnaval e sambas de todos os tempos.

Diretora da unidade, Thamara Machado explicou que a festa já acontece há alguns anos. “O Zacafolia é uma festa tradicional de carnaval onde a gente zela pela cultura popular. No período que antecede a época, trabalhamos o assunto com eles, culminando na festa que é uma socialização e integração entre pais e escola”, destacou.

Professora de diversificada, Gabriela Lopes, 25 anos, estava fantasiada de Branca de Neve. “Eu acho que a festa é importante porque é um espaço onde as crianças podem brincar e ter contato com o carnaval. Me fantasiei porque eles gostam de ver as tias fazendo o que fazem”, contou. Fazendo uma alusão à personagem de Divertidamente, Sandra Melo, professora de diversificada e artes, concorda com ela. Trabalhando na unidade há 5 anos, a professora contou que vem a caráter em todas as festas da escola, do carnaval ao dia das bruxas. “As crianças já ficam esperando minha caracterização. Me fantasio porque amo a Barra de Zacarias e tenho orgulho de ser professora deles”, explicou.

Pais do aluno Miguel Chagas, de apenas 5 anos, Brenda Chagas (26 anos) e Leandro Radiche (33 anos) fizeram questão de participar da festa.“Nós nos esforçamos para vir em todas que a escola faz. Na verdade, eu acho muito legal essa abertura que a escola dá para os pais participarem da vida dos alunos. Assim que nós entramos, meu filho logo falou para os amigos, minha família, porque muitos pais não costumam vir”, frisou ela, que mora pertinho da escola.

Fotos: Clarildo Menezes e Michel Monteiro

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s