Habitação dá inicio a 4º edição da Ação Interdisciplinar Habitação, Cidade e Cidadania

Sob o tema “Morada e Bem Estar Social: Habitação Como Instrumento de Cuidado da Saúde, Família e Comunidade” foi realizada na última segunda-feira (18/03), no CEM Joana Benecdita Rangel, no Centro, a aula inaugural da 4ª edição do curso de Ação Interdisciplinar Habitação, Cidade e Cidadania que contou com a presença de aproximadamente 30 inscritos. Oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Habitação e Assentamentos Humanos, a ação contará com seis aulas, sendo a última dividida em duas etapas (teórica e prática). Os interessados devem entrar em contato pelo telefone 3731-3311 ou pelo e-mail: habitacaomarica@gmail.com.

“Essa é a nossa quarta edição do Programa Habitação, Cidade e Cidadania e o nosso objetivo continua sendo levar para a população de Maricá temas relacionados a esses três pilares”, explicou Rita Rocha, secretária da pasta. “A ideia dessa edição é realizar uma temática mais aprofundada dos temas que foram mais requisitados durante as primeiras edições”, explicou. “E, a aula de hoje será focada em assistência social”, completou a secretária.

Ainda de acordo com Rita Rocha, outro importante objetivo da Prefeitura com esse tipo de iniciativa é capacitar e prepara  a população de Maricá para trabalhar, não apenas como voluntária, mas dentro da inserção dos projetos existentes na cidade. “Nós vamos sempre priorizar pessoas que já tenham contato com a Secretaria de Habitação, pois nosso trabalho é social e dentro deste viés precisamos de pessoas sensibilizadas e disponíveis para trabalhar como agentes habitacionais”, frisou Rita.

Responsável por ministrar a primeira aula, a assistente social e doutoranda em Arquitetura e Urbanismo, Aline Rocha, sinalizou que para que o curso seja produtivo é necessário que haja uma troca entre palestrantes e inscritos. “Ficamos muito tempo nas universidades e esse contato com quem sofre e com quem vê o cotidiano das comunidades, a precariedade das habitações é muito importante. Eu venho para esse curso com a perspectiva da educação que não é unilateral. Eu aprendo com os inscritos e trago um pouquinho do que eu sei com a intenção de compartilhar, isso aqui é uma grande troca”, avaliou.

Muito atenta, Monica Nascimento, de 51 anos, moradora do Flamengo contou que está fazendo faculdade de assistência social e que viu no curso da Habitação a possibilidade de absorver ainda mais conhecimento para atuar na área. “É a primeira vez que participo deste curso, tive conhecimento desta iniciativa através de um grupo de bate-papo da faculdade e me interessei. O conteúdo do curso é muito interessante e quem pretende trabalhar como assistente social precisa estar sempre atualizada sobre todos os assuntos do município”, afirmou Monica.

Já o assessor comercial Fernando Andrades, de 30 anos, morador de Itaipuaçu, falou da expetativa do curso. “Toda oportunidade que nós temos de aperfeiçoar um pouco mais a habitação é valida. Vivemos em um país muito desigual, com um grande déficit habitacional, então vejo essa iniciativa da prefeitura como algo muito importante para população e para mim que estudo arquitetura será bastante agregador e quem sabe, depois de formado eu não consiga atuar aqui mesmo na cidade”, desejou Fernando.

Fotos: Katito Carvalho

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s