Peça teatral ensina crianças a combater o mosquito da dengue

A Secretaria de Saúde de Maricá, através do Programa Municipal de Combate à Dengue (PMCD), resolveu estender por a toda semana as atividades da Campanha Nacional de Combate à Dengue, que teve o seu Dia D no último sábado (16/03). Nesta segunda-feira (18/03), a parceria com a equipe pedagógica do CEIM Professora Ondina de Oliveira Coelho (Flamengo) levou uma peça de teatro para 275 alunos.

Divididos entres as turmas de Educação Infantil, Educação Integral, Pré-Escola I e Pré-Escola II, eles aprenderam a combater o mosquito de uma forma leve e divertida. Para a diretora da escola, Karina Figueira, além da conscientização, este tipo de atividade é importante para fortalecer laços de parceria entre escola e comunidade. “Fizemos esta parceria com a Secretaria de Saúde, convidamos os pais dos alunos para  participar e os nossos professores criaram um roteiro para a encenação apresentada aos alunos”, contou Karina.

Mãe da pequena Laura (4 anos), a operadora de telemarketing Patrícia Reis (30 anos) aprovou a iniciativa. “Temos que começar ensinando as crianças, para que no futuro eles garantam o cuidado com o meio ambiente e saibam a importância da limpeza na saúde. E achei maravilhoso porque fomos convidados a participar da atividade, é muito importante quando a escola garante esta interação”, comentou.

Acompanhando o filho Wagner Ferreira (4 anos), a recepcionista Juliana Ferreira (32 anos) falou sobre a peça. “Todo evento que tem na escola, eu tento participar, acho todos muito bons. Este da Dengue é muito importante para os pequenos. Tenho certeza que meu filho vai chegar em casa explicando tudo do jeitinho dele e vai tentar me ensinar”, afirmou Juliana.

“Nós optamos por estender as ações para alcançar todo o município com a campanha. Além desta peça de conscientização aqui no colégio, nossas equipes também estiveram no CIEP 259, na Praça Orlando de Barros Pimentel, na Praça do Turismo e em Itaipuaçu”, disse o educador e palestrante do Programa de Educação em Saúde, Estevão Alves de Souza.

De acordo com Estevão, o PMCD também está realizando visitas domiciliares para inspeções em caixas d’água, calhas, telhados e possíveis locais que possam servir de criadouro para o Aedes aegypti. Quando necessário, agentes de combate a endemias aplicam larvicidas e inseticida, e além disso orientam a população a respeito da prevenção e controle de doenças como dengue, chikungunya e zika.

Fotos: Katito Carvalho

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s