Ruas do Parque Nanci e do Jardim Jaconé ganham mais asfalto

Mais uma via do loteamento Parque Nanci foi pavimentada na última segunda-feira (25). Desta vez, a Rua das Hortênsias foi contemplada com um novo piso em toda a sua extensão, de aproximadamente 200 metros. Homens e máquinas da Prefeitura finalizaram a ação no mesmo dia. Outras ruas da localidade já vêm recebendo melhorias desde fevereiro e outras estão sendo preparadas. As ações incluem ainda uma drenagem que chegou ao final da Rua Pau Brasil.

Para os moradores da rua, a expectativa é que tudo melhore com a chegada do asfalto. “Vivo aqui há uns 30 anos e vi esse bairro crescer muito nos últimos sete ou oito anos. Não tem mais lama para sair de casa”, celebrou o servidor público Paulo Lucinei, de 55 anos. A recepcionista Cláudia Lins, de 48 anos, conta que a pavimentação traz um novo ânimo. “Agora pago meu IPTU com gosto. Estou acompanhando todos os dias”, revelou ela.

Para a aposentada Rosa Cravo, que tem 66 anos e está de mudança para Portugal, o asfalto é um misto de alegria e lamento. “Estou aqui há 26 anos e agora que estou de saída vejo algo que sempre esperei. Fico feliz e triste ao mesmo tempo, pois não vou desfrutar disso. Tenho de ‘tirar o chapéu’ para esse governo”, elogiou.

Outra pavimentação iniciada recentemente e que foi finalizada pelas equipes da Autarquia de Serviços e Obras de Maricá (Somar) nesta segunda-feira foi a da Avenida Um do loteamento Jardim Jaconé. O trecho que fica na parte interna da localidade recebeu as últimas camadas de asfalto até a parte já pavimentada, complementando assim as duas vias principais do loteamento já que a Avenida Dois já tinha recebido a massa asfáltica desde o ano passado.

Os moradores da área acompanham a movimentação e não escondem a satisfação com a intervenção. “Se está bom para mim, que moro aqui há 10 anos, imagine para quem é nativo, gente que nasceu e cresceu aqui. Muda tudo, melhora tudo. A pessoa consegue entrar e sair sem transtornos e ainda valoriza os imóveis”, avaliou o aposentado José Antônio Ferreira, de 68 anos, que antes morava em Nilópolis (na Baixada Fluminense) e recebe amigos e parentes vindos de lá. “Agora da para apresentar um lugar mais bonito que antes”, projetou.

Fotos: Marcos Fabrício

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s