Caminhada ecológica encanta alunos do projeto Maricá + Esporte do MCMV de Itaipuaçu

Alunos do projeto Maricá + Esporte participaram na manhã desta quarta-feira (27/03) de uma edição especial do projeto Circuito Ecológico Caminhos de Darwin, no Parque Estadual da Serra da Tiririca, em Itaipuaçu. Essa trilha é uma parceria entre as secretarias de Cidade Sustentável e de Esporte e Lazer que atende, aproximadamente, 30 alunos do núcleo do Residencial Carlos Marighella, em Itaipuaçu.

Durante o trajeto de aproximadamente duas horas, os participantes observaram a biodiversidade da Mata Atlântica refazendo o caminho do naturalista britânico Charles Darwin, que em 1832 se hospedou na fazenda Itaocaia e percorreu boa parte do município catalogando espécimes da vegetação, rochas e diversos insetos. Os trilheiros também puderam visitar a exposição sobre o naturalista instalada no Núcleo Darwin do Parque Estadual da Serra da Tiririca. “É fundamental preservamos esse ambiente. Temos que ter em mente o quanto o ser humano interfere na natureza. Por meio desse passeio, estamos mostrando a vasta biodiversidade da Mata Atlântica por onde Darwin passou quando esteve aqui”, explanou a coordenadora do Circuito Ecológico, Márcia Freitas. “É sensacional poder contribuir para que as pessoas conheçam lugares ricos da história de nossa cidade que, às vezes, nem imaginamos encontrar”, destacou a coordenadora técnica do Maricá + Esporte, Patrícia Lopes.

Andrea Pedreira, de 37 anos, fazia uma trilha pela segunda vez. “Desde que iniciei as atividades físicas do Maricá + Presente, em outubro, comecei a me interessar mais por trilhas até para saber como estava meu condicionamento físico. “É emocionante ficar em contato direto com a natureza e ter a possibilidade de deslumbrar o quanto nossa cidade é maravilhosa. Estou louca para participar de outras”, frisou Andrea, que pratica alongamento, zumba e circuito.

Uma das alunas mais antigas do núcleo, Sabrina Lima, de 36 anos, disse que, por conta do projeto perdeu 19 kg, melhorou das crises de coluna e recuperou a autoestima. “Há um ano, não me imaginava fazendo trilhas por causa das dores. E hoje estou super feliz por estar me exercitando e em contato com a natureza”, completou.

“É de extrema importância despertar a consciência ambiental na população. Participar dessa caminhada aliando tudo isso a prática da atividade física foi uma grande experiência para a nossa equipe”, frisou o secretário de Esporte e Lazer, Filipe Bittencourt. “A secretaria sempre está receptiva para a parceria com outras secretarias. O Circuito Ecológico tem papel fundamental pra divulgar nossas belezas naturais. Conhecer para preservar“, declarou o secretário de Cidade Sustentável, Hélter Ferreira. 

Foto: Marcos Fabricio

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s