Ruas do Jardim Atlântico Central recebem melhorias

A região conhecida como Jardim Atlântico Central, em Itaipuaçu, passa por uma série de intervenções simultaneamente. A principal delas acontece na Rua 54, onde homens e máquinas da Prefeitura aplicam nova pavimentação no trecho entre a Avenida Jardel Filho e a Rua 32. A via fica próxima ao local onde está sendo erguido o Campus de Educação Pública Transformadora (CEPT).

Os moradores não escondem a satisfação como a nova condição da rua. “Vim do Rio Grande do Sul há uns dez anos e quase voltei para lá, porque aqui estava ruim demais na época. Hoje só vou lá passear, meu lugar é aqui e só melhora”, declarou o aposentado Norli da Silva, de 80 anos, que veio da cidade de Taquara, na Serra Gaúcha. A atendente Rosângela Almeida, de 59 anos, ouviu o comentário do seu vizinho e concordou plenamente. “Muitas vezes não tinha como sair, já fiquei uma semana presa dentro de casa. Hoje estamos muito gratos por este asfalto”, afirmou ele, que se mudou há seis anos vinda de Nova Iguaçu (na Baixada Fluminense).

Esta parecia ser uma situação comum a quem vive ali, como o construtor Vanderlei Lopes, de 52 anos, que também veio de outra cidade. “É o famoso ‘quem te viu, quem te vê. Antes a gente tinha de sair pelo mato e agora está ficando assim, bem melhor”, disse o paranaense do município de Altônia. Para a recepcionista Eliana Almeida, de 22 anos, ficou mais fácil para ir ao trabalho de bicicleta. “Antes era horrível, tinha muita lama, mas já melhorou bastante”, disse ela, ao lado do marido Rafael Alves. “A rua inclusive era estreita e, quando chovia, ficava uma poça d’água enorme aqui em frente que levava uma semana para drenar. Mas posso dizer que isso acabou”, celebrou ele, que tem 30 anos.

Na mesma região, outras duas ruas paralelas também passam por melhorias a cargo da Autarquia de Serviços e Obras de Maricá (Somar) com ações de drenagem. Na Rua Elisa Vieira Veras (antiga Rua 52), a colocação das galerias pluviais está na fase final e já chegou à esquina com a Rua Van Lerbergue (antiga 34). Ao lado deste fica a Rua Alice Maxmino de Souza (antiga 53), na qual a montagem dos tubos de 800 centímetros está na altura da Rua 33. Ao final, ambas vão receber urbanização.

Fotos: Marcos Fabrício

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s