Habitação entrega chaves do Programa Endereço Certo para famílias de Bambuí

A Secretaria de Habitação e Assentamentos Humanos de Maricá entregou, na tarde desta sexta-feira (05/04), os títulos de propriedade para as famílias que moravam na região do Areal, em Bambuí, e acabaram ficando desabrigadas após um forte temporal em fevereiro deste ano.

Ao todo, 30 pessoas de oito famílias foram beneficiadas com o Programa Endereço Certo, e receberam as chaves simbólicas de suas novas casas, na Avenida Áurea Barbosa, quadra 59, alugadas através da iniciativa de locação social. “Estas pessoas hoje estão recebendo as chaves do Programa Endereço Certo. Uma chave simbólica, já que elas já estão morando nas casas que foram alugadas pela Prefeitura através do Programa de Locação Social. Este programa é voltado justamente para estas situações emergenciais, como foram as chuvas no final de fevereiro. Hoje estamos fazendo este evento para mostrar o final feliz desta história e decidimos fazer o evento aqui no terreno que existe em frente às casas, pois ele simboliza o futuro destas pessoas”, disse a secretária de Habitação e Assentamentos Humanos Rita Rocha.

De acordo com o presidente da autarquia Serviços de Obras de Maricá (Somar) Renato Machado, o espaço receberá obras dentro de 60 dias e em breve se tornará um equipamento de lazer. “Enquanto Somar, nós entramos com urbanização e pavimentação para todo este bairro a partir da próxima semana, além do projeto de construção de uma praça com área de lazer, quadra poliesportiva, aparelhos de ginástica para terceira idade e playground para as crianças”, contou Renato.

A secretária Rita acrescentou que, a partir de agora, o trabalho de acompanhamento social segue no sentido de dar suporte nas áreas relacionadas à saúde e educação, e também no encaminhamento para o mercado de trabalho. “O Programa de Locação Social é temporário, não é um programa de solução definitiva. Queremos que estas famílias superem esta condição de vulnerabilidade e consigam ter formação e emprego, para futuramente ter acesso a sua própria casa”, ressaltou.

O Programa de Locação Social foi criado para atender a um passivo de 600 famílias que constam em cadastros internos, aguardando esta oportunidade. “Neste primeiros dois anos de governo, não teremos aberturas de vagas para o programa. Elas serão destinadas aos cadastros realizados pela Defesa Civil, Saúde, Assistência Social e Habitação”, explicou Rita.

Em parceria com a Somar, a secretaria de Habitação dará entrada ainda em um processo licitatório para desapropriação de algumas áreas, onde serão construídos Casas Habitacionais. “Nossa ideia é ampliar o projeto de Casas Habitacionais e construir cerca de 100 unidades para Bambuí e Cordeirinho, onde as áreas da lagoa também ganharão calçadões e ciclovia”, antecipou Renato Machado.

Para o morador Amir Machado (45 anos), que teve sua casa completamente destelhada na tempestade, a oportunidade de obter uma moradia digna para a família é única. “Minha casa ficou acabada, além das telhas, a parede também foi afetada. Teria que derrubar para construir tudo outra vez. Estávamos em um situação muito ruim, aqui, graças a Deus, estamos bem amparados”, disse Almir.

Diretora da Escola Municipal Lucio Thome Guerra Feteira, que temporariamente recebeu os desabrigados , Lorena Mendonça falou sobre a importância desta ação. “Isto devolve a cidadania para estas pessoas, eles estavam muito distantes do acesso a este tipo de moradia. Proporcionar esta residência para eles reflete até mesmo no desempenho escolar”, revelou Lorena, que foi apoiada pela diretora adjunta Katia Cristina Ramos.

“O bacana desta mudança, é que a Prefeitura conseguiu manter estas famílias próximas umas das outras, e isto é muito importante para eles. Agora estão uma moradia legal, com dignidade e com as pessoas da família e vizinhos já conhecidos por perto, isto demonstra a preocupação do governo, que trata eles com carinho e atenção”, destacou Katia.

Durante o evento que contou com apresentação de ventriloquismo do boneco Trancinha, contação de histórias com Tati Diniz e show de música de Ronaldo Valentim, os moradores ainda contarão com serviços gratuitos da Embeleza.

“Hoje nossa equipe contou com 17 alunos e mais os instrutores. Oferecemos corte masculino, barba, corte feminino, escova e design de sobrancelha. Quando fazemos uma parceria desta e trazemos o nosso trabalho para perto das pessoas que precisam, estamos trazendo além de beleza, alegria e bem estar”, afirmou Tatiane Alves, coordenadora do Instituto Embeleza Maricá.

Fotos: Clarildo Menezes

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s