Projeto Hospedar Maricá é apresentado no Cineteatro Henfil

As secretarias de Trabalho e Turismo de Maricá e a Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) realizaram o Projeto “Hospedar Maricá”. O worshop de apresentação aconteceu na última quarta-feira, dia 12/06, no Cineteatro Henfil (Centro) e contou com a presença de representantes de empresários do setor de hotelaria.

A qualificação dos profissionais que atuam nas pousadas e hotéis ficará sob responsabilidade do Senac e será realizada gratuitamente nos meses de julho à novembro. São eles: comportamento hospitaleiro; jardinagem; a arte de falar em público; gestão de pousada; recepcionista em meios de hospedagem e camareira em meios de hospedagem.

“Hoje é um momento muito importante para a cidade de Maricá, porque estamos lançando um programa que vai proporcionar que os funcionários de vocês tenham acesso a seis cursos totalmente gratuitos. Já temos 30 estabelecimentos identificados e esse número tende a crescer ainda mais, porque o turismo cresce à cada dia na cidade. Vamos explorar o que Maricá tem de melhor”, declarou o secretário de Trabalho, Frank Costa.

“Com o Hospedar está sendo criada uma melhora no segmento que se conecta ao que está sendo gerado dentro do município de oportunidades”, resumiu o presidente da Codemar, José Orlando Dias.

Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Maricá Convention, Paulo Cesar dos Santos falou sobre a grande responsabilidade de representar os comerciantes da cidade. “Hospedagem é a primeira questão que o turista pensa. E esse projeto é exatamente para desenvolver essa cadeia. Por isso, a importância dele”, frisou.

Coordenador de Projetos da FC&VB-RJ, José Alexandre Almeida falou sobre o funcionamento do projeto que, inicialmente vai beneficiar 30 estabelecimentos regularizados e já identificados.

“Vamos realizar visitas técnicas e dar consultoria individual para cada participante inscrito. É importante que vocês saibam que não estamos aqui para encontrar problemas, mas para dar dicas para ajudar vocês, para que estejam preparados quando a rede hoteleira for expandida com empresas de fora da cidade”, esclareceu, usando como base um estudo iniciado em 2018, onde foram identificados problemas no acesso aos estabelecimentos, formas de pagamento, não funcionamento de ar condicionado e café da manhã, cofre, sala de reunião e piscina, por exemplo.

Presente no evento, Alessandro Souza falou sobre a importância do programa. “Na parte de eventos no alto Espraiado eu já tenho 11 suítes e temporada, então pretendo expandir para um cama e café”, justificou, mostrando-se interessado em tudo que escutou.

A turismóloga e especialista em hotelaria e eventos, Marília Mills chamou a atenção dos presentes para a satisfação dos clientes com base nos detalhes que podem ser avaliados pelos proprietários; perfil dos turistas; fidelização de cliente; turismo de negócios; informativos sobre o que fazer na cidade e as expectativas para 2030, entre outros.

Fotos: Clarildo Menezes

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s