Instituto de pesquisa americano chega a Maricá para estudar a moeda social Mumbuca

Trazidos pela Rede Brasileira de Renda Básica, representantes do Jain Family Institute (organização de pesquisa aplicada nas ciências sociais, situada em Nova Iorque) chegaram a Maricá nesta terça-feira (23/07) para propor um desenho de pesquisa sobre a moeda social Mumbuca. A ideia é mostrar, através de estudos muito rigorosos, os benefícios da renda básica como programa social.

“Um dos aspectos mais promissores desta relação que queremos desenvolver, é a ideia de divulgar pelo mundo o que está acontecendo em Maricá. É impressionante perceber a escala que o projeto alcançou aqui, a quantidade de pessoas envolvidas e o impacto social são casos únicos, que podem contribuir muito para o estudo da renda básica mundial”, ressaltou o pesquisador do Jain Family Institute, Paul Katz, após ser apresentado ao projeto pelo secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan, e sua equipe.

Segundo o secretário Diego Zeidan, o Banco Mumbuca é hoje o maior banco comunitário do país, o que faz dele uma experiência única no Brasil. “Já faz alguns anos que Maricá vem se colocando como a cidade dos sonhos e das utopias, estamos caminhando para a construção de um mundo melhor. A lei de renda básica, do ano de 2004, estabeleceu a implementação da renda básica em todo o território do Brasil, mas Maricá é a única cidade que está aplicando nesta escala. A ideia é que o instituto possa fechar uma parceria com a Prefeitura de Maricá, para que eles possam fazer este acompanhamento e geração de dados do nosso programa, com a divulgação destes dados para o mundo”, afirmou.

De acordo com o coordenador de pesquisa da secretaria de Economia Solidária, Nathan Melo, fazer parte deste tipo de pesquisa está muito além de uma ação de divulgação de um projeto, faz parte de uma estratégia para a consolidação desta política pública. “A renda básica não pode ser uma política sazonal, e é com pesquisa, coleta de dados e o que poderemos fazer a partir disto, que vamos consolidar e aperfeiçoar esta política pública de Maricá”, afirmou.

Presidente da Rede Brasileira de Renda Básica, Leonardo Ferreira falou sobre o instituto e sobre a importância desta parceria. “Eles monitoram políticas de transferência de renda e renda básica no mundo todo, e querem incluir Maricá. Como parte da Rede Brasileira de Renda Básica, interagimos muito com outras redes, em outros países. Esta é uma oportunidade de mostrar, sistematicamente, o que é feito no nosso país em termos de renda básica. É muito importante posicionar o Brasil no debate sobre renda básica em relação ao restante do mundo, e acho que este contato com o Jain Family Institute é uma oportunidade única para isto”, comentou Leonardo.

Fotos: Clarildo Menezes

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s