Festa da colheita de aipim orgânico chega às escolas

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, que na manhã da última terça-feira (06/08) realizou a colheita de aipim orgânico na Fazenda Ibiaci, no Espraiado, iniciou a distribuição nas escolas na parte da tarde. A primeira unidade contemplada foi a E.M.  Joaquim Eugênio dos Santos, na Mumbuca. Também houve distribuição para uma comunidade no Jacaroá, através da ONG Servindo o Amor.

A escola havia recebido a doação de alfaces colhidos da horta do Manu Manuela nesta segunda-feira (05) e os alunos puderam levar para casa. O restante ficou na escola e complementou a salada desta terça-feira. O aipim orgânico doado foi recebido pela equipe da cozinha e prontamente será inserido na refeição dos próximos dias da escola.

“Essas ações são importantes, pois as crianças passam a valorizar ainda mais o que vem da terra. Comprar no mercado é diferente de receber em mãos e poder usufruir daquele produto que eles sabem de onde veio. Acredito que dê um estímulo a mais para uma alimentação mais saudável”, disse a diretora adjunta Ana Beatriz Monteiro.

Alexandra Alves, também diretora adjunta, descreveu a reação dos alunos. “Eles ficaram encantados ao receber a hortaliça e até a mãe de um aluno veio nos perguntar de onde veio a alface. Nós explicamos que veio da horta comunitária e que os alunos sempre são beneficiados com as colheitas, assim como estão sendo hoje, recebendo o aipim da fazenda”, disse.

O aluno Renan Bastos, de sete anos e estudante do segundo ano, ficou bastante satisfeito. “Achei bom ganhar esse aipim para comer aqui na escola, é muito importante ter esse tipo de alimento aqui para a gente. No sítio do meu avô eu já colhi bastante coisa, mas tem amigo aqui que nunca fez isso”, falou.

No Jacaroá, muitos moradores ajudados pela ONG promovida por Cátia Andrade já estavam esperando o carro com o aipim. Moradora do bairro há 30 anos, Cátia identificou as necessidades dos vizinhos e resolveu fazer com que a realidade pudesse ser modificada de pouco a pouco.

“Acompanho o trabalho da Secretaria de Agricultura e sempre vejo que eles têm muitas doações, por isso pedi e eles vieram. Agradeço tudo o que a Prefeitura vem fazendo pelos moradores e estaremos aqui sempre esperando de braços abertos”, disse Cátia. Sandra Regina Gonçalves, de 61 anos garantiu sua sacola com aipim. “Estou muito feliz de ganhar e espero que venham sempre”, falou.

Para o secretário Julio Carolino, essas ações são a certeza de que o trabalho tem surtido efeito e a secretaria não vai parar com a colheita do vegetal.

“O solo ajudou e temos cerca de 10 toneladas de aipim para colheita. Vamos intensificar nossas ações colhendo e entregando de imediato para que o alimento chegue aos alunos da maneira mais fresca possível. Até sexta-feira temos ainda muito trabalho pela frente”, finalizou.

Fotos: Katito Carvalho

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s