Maricá perde a final para Rio São Paulo, mas acesso está garantido

Maricá e Rio São Paulo se enfrentaram na tarde do último domingo (29), no Estádio de Moça Bonita, em Bangu, pela final da Série B2 do Campeonato Carioca. Com gol solitário de Camilo, o Alvinegro do Campinho faturou o título da Terceirona Estadual.

Primeiro tempo é marcado pelo equilíbrio técnico
O duelo começou estudado e truncado, com poucas chances para cada lado. Quem tomou a primeira iniciativa foi o Rio São Paulo, aos 17 minutos, quando Mello chutou de longe e Júlio defendeu do jeito que pôde. O Maricá respondeu minutos depois. Após um intenso bate-rebate na área, a bola sobrou para Índio, que tentou finalizar, mas o chute acabou saindo fraco e facilitou a defesa de Jhonatas.
A partir daí, o Maricá até tentou rondar a área do Rio São Paulo, mas o Alvinegro manteve uma postura defensiva sólida e pouco facilitou para o adversário. Entretanto, a equipe do Leste Fluminense deu um susto, quando Dreivison bateu falta com muito perigo e a bola passou perto da meta defendida por Jhonatas.

Estrela de artilheiro volta a brilhar e Rio São Paulo fica com a taça

Logo aos dois minutos do segundo tempo, o Maricá aproveitou erro na saída de bola do Rio São Paulo e Clisman foi acionado. O atacante chutou, mas acabou parando em Jhonatas. Sem deixar barato, o Alvinegro respondeu no lance seguinte, com Lulinha, que invadiu a área pelo lado direito e chutou cruzado tirando tinta da trave.
As grandes chances deram lugar as faltas e o jogo teve o ritmo diminuído pelas equipes. Na marca de 26 minutos, o Rio São Paulo contou com a falha no tempo de bola do zagueiro Índio para recuperar a posse em boa posição ofensiva. Marquinhos do Sul tocou para Camilo e o artilheiro não perdoou, estufando as redes. Com o tento sofrido, o Maricá partiu para cima e bateu de frente com um Rio São Paulo mais conservador.
Não demorou muito para o Maricá dominar completamente o campo ofensivo, mas a equipe pecava na transição final. Aos 48 minutos, no último suspiro de esperança, Badola recebeu de Paulinho Fernandes e perdeu o gol que seria o do empate e, consequentemente, levaria a partida para os pênaltis. Quando o árbitro apitou pela última vez na Terceirona em 2019, Moça Bonita ficou alvinegra.

Fonte: Futrio

Fotos: Divulgação

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s