Formados do curso de Jardinagem entregam primeiro trabalho profissional

Menos de um mês após a formatura de 19 alunos na primeira turma de Jardinagem do Projeto Hospedar, curso oferecido através da Secretaria de Trabalho via contratação do Serviço Nacional do Comércio (Senac), nove deles realizaram nesta quarta-feira (02/10), a entrega de seu primeiro trabalho profissional, um projeto de jardinagem e paisagismo no Sítio Alto Espraiado (Espraiado).

Ainda durante o curso, os alunos perceberam a possibilidade de trabalharem em conjunto, viabilizando a vocação para o empreendimento que o programa de qualificação profissional da secretaria procura sempre incentivar.

No local, o grupo assumiu a responsabilidade de transformar uma casa colonial de um antigo funcionário, numa residência atrativa com jardim para a utilização por temporada, fins de semana e por noivas em pré wedding (sessões de fotos especiais dos noivos antes do casamento) e making off (registro dos bastidores e preparativos para a cerimônia).

“Eu falei da vontade de colocar o pergolado e deixei à criatividade deles. O resultado ficou ótimo. Adorei. Nós fomos os primeiros contratantes acreditando nesse projeto, então queríamos agradecer a oportunidade para validar essa capacitação através desse resultado maravilhoso que complementa o projeto de jardinagem e paisagismo na nossa casa colonial”, declarou a proprietária do Alto Espraiado, Adriana Cotrim.

Formada em Marketing, Denise Canthe contou que entrou no curso para aprimorar seu conhecimento na jardinagem para uso pessoal, mas depois sua vida mudou.

“Quando vimos o potencial que tinha a turma e a maioria com formação acadêmica, entendemos que podíamos criar um coletivo e prestar serviços para as pousadas e restaurantes, porque aqui em Maricá não existe nenhuma empresa de jardinagem que preste o serviço. Aqui, todos colocamos a mão na massa e eu sou responsável pela parte comercial, ou seja, por fazer a captação de clientes”, contou.

O grupo se formou numa sexta feira e, na terça-feira seguinte, já havia sido contratado. “Estamos entregando o jardim agora, mas trabalhamos nele 10 dias e já estamos visitando pousadas e fazendo orçamento para dar continuidade a esse trabalho. Na verdade, aqui não fizemos só um trabalho de jardinagem, mas um paisagismo com base na nossa proposta de sustentabilidade, criatividade e baixo custo. Optamos por dar um toque rústico”, completou Denise, que mora em Cordeirinho.

Moradora de São José do Imbassaí, a designer de interiores, Josy Mendes procurou fazer o curso por estar dentro de sua área e também se surpreendeu com o entrosamento de seu grupo, formado para a execução do trabalho no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

“Formamos um grupo onde tem arquiteta, profissional de marketing, administradores, profissional de edificações. Temos um bom convívio e um sempre completa o outro suprindo todas as necessidades. Nesse projeto, fizemos muito além da jardinagem. A gente humanizou por causa do paisagismo relacionado à jardinagem, fez o pergolado, a fogueira e o caminho porque o jardim é onde as pessoas se integram”, explicou.

Professor do grupo, Jaym.van Amistel aprovou o resultado, mas disse não ter se impressionado com o resultado. Afinal, segundo ele, desde as primeiras aulas, era possível perceber que se tratava de um grupo muito especial e seleto.

“Temos toda uma tecnologia de trabalho que parte do conhecimento que o grupo já tem então, meu papel como professor foi facilitar com que essas habilidades pudessem enriquecer o trabalho e ao mesmo tempo trabalhar o conteúdo de jardinagem que eu tinha. Essa amálgama potencializou para um terceiro nível, que esse projeto representa e que é muito mais do que um curso pode entregar que é de fato você ter em menos de um mês o retorno de profissionais que estão se inserindo e encontrando o espaço deles nesse mercado”, esclareceu.

Após conhecer o trabalho, o secretário Frank Costa, agradeceu aos proprietários pela oportunidade dada aos recém formados.

“Eu quero agradecer à vocês, Adriana e Sandro por terem dado a oportunidade para que este grupo tivesse aqui hoje. Qualificar as pessoas para o mercado de trabalho é muito importante. Acho importantíssimo ter esse link entre empresários e as pessoas que estão se formando para que possam mostrar o que aprenderam”, frisou.

Fotos: Evelen Gouvêa

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s