MARICÁ APRESENTA ATLETAS DE ALTO RENDIMENTO DO PROJETO DE REMO

Convidados pela Federação Estadual de Remo do Rio de Janeiro (FRERJ), uma equipe de remo do Projeto Esporte Presente participou da Regata Remo do Futuro, realizada na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Os alunos do projeto Adeilson de Abreu e Natan Gomes participaram da categoria canoe masculino sub 17.
A competição contou com atletas com idade a partir de 12 anos e tem como objetivo principal encontrar novos talentos e futuros medalhistas mundiais e olímpicos, meninos e meninas que tenham aptidão para o esporte e, desse modo, recebam treinamento específico para se tornarem vencedores.
O presidente da Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (SUDERJ), Thiago Ribeiro de Paula, elogiou o trabalho feito pela entidade para a realização do evento, além da importância do esporte na vida das crianças e dos adolescentes, do investimento dos clubes nas categorias de base e do trabalho de excelência que vem sendo feito pela FRERJ.
“Gostaria de parabenizar a Federação pela excelente iniciativa da entidade em promover uma competição tão importante como a Regata Remo do Futuro e os clubes pelo investimento nas categorias de base. Eu mesmo fui remador na categoria de base, em 1998, e sei o quanto isso fez diferença na minha vida e faz na vida desses meninos. É muito bonito ver a Lagoa Rodrigo de Freitas movimentada numa manhã de domingo, com tantos atletas que estão começando. Isso se deve ao trabalho excepcional da FRERJ. Eu sempre digo que o esporte transforma vidas”, analisou o presidente da SUDERJ.
O estudante Natan Delazeri Gomes, de 16 anos foi um dos representantes de Maricá na competição. Segundo ele, a sensação de competir é muito boa. ” Por mais que na hora tenha dado um certo nervosismo, que é até normal, mas em geral foi muito positivo”, disse.
Outro participante foi o jovem Adeilso Freitas de Abreu, de 15 anos. Essa também foi sua primeira participação em competição fora de Maricá. ” A minha participação foi muito boa porque além de ser uma experiência muito boa, serviu de incentivo pra cada vez mais eu me aprofundar no remo”, relatou.
Para o instrutor de remo Bruno Sana Braz Pietro Bom uma das maiores dificuldades foi devido ao barco usado na competição ser diferente do usado no projeto em Maricá. “Para poder ter contato com o barco que eles iam competir, acabamos indo para o Rio de Janeiro e era necessário agendar. Além é claro do nervosismo e competir com times como Flamengo, Vasco e Botafogo. Para o ano que vem estamos treinando algumas meninas também”, comentou.
O secretário de esporte e lazer Filipe Bittencourt disse que é muito importante para o município participar de competições como essa. “É gratificante ver nossos atletas em competições desse tipos. Estamos fazendo um trabalho para cada vez mais tenhamos representantes em diversas categorias”, disse.

Foto: Bernardo Gomes

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s