Alunos recebem prêmios da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Quatorze alunos de três escolas da rede municipal de ensino de Maricá receberam na tarde desta quinta-feira (28/11) as medalhas de prata e bronze da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. A premiação, que contou com a presença dos pais e professores, foi realizada no auditório da Faculdade de Maricá, durante a Mostra Pedagógica promovida pela Secretaria de Educação e entregou também diplomas a estudantes das escolas municipais Marisa Letícia Lula da Silva (em Inoã, que teve 11 alunos premiados), Reginaldo Domingues dos Santos (Ponta Negra) e Cônego Batalha (São José de Imbassaí, com dois alunos).

A disputa nacional, que contou também com instituições de ensino da rede privada, premiou também os professores. Em Maricá, Ediana Ramos foi apontada como professora destaque deste ano. Lecionando na EM Marisa Letícia, ela atribuiu o grande sucesso da unidade onde leciona à estrutura oferecida a ela e aos alunos. “Digo sempre que minha turma foi um presente que recebi. Eles abraçaram as propostas e estudaram bastante, pois são interessados no tema”, pontuou ela, ao lado da diretora Lorimar Dornelas. “Somos uma escola fundada no ano passado e, para nós, isso significa muito. Temos alunos aplicados e mostramos para elas uma forma diferenciada de aprender esses temas”, ressaltou.

Entre os alunos, havia um misto de orgulho e timidez na hora de fala sobre a conquista. Para Maria Luíza Queiroz cadete, de 9 anos, que obteve a medalha de prata pelo Marisa Letícia, o mais interessante foi estudar os astros. “Foi bom saber sobre o espaço, os planetas, muito legal”, disse ela.

Os dois alunos da EM Cônego Batalha estavam visivelmente felizes assim como seus pais. “Adorei ganhar a medalha e estudar sobre as estrelas”, disse Maria Clara Silva, também de 9 anos, ao lado da mãe, a secretária escolar Cléia Costa da Silva, de 43 anos. “Ela passou a perguntar mais coisas em casa até sobre minerais. Eu achei bom porque é um incentivo para eles estudarem ainda mais”, ponderou. Muitos orgulhosos também estavam Edson Cleber Garcia, de 42 anos, e a esposa Lidiane, de 36, pais de Nicolas Nunes, de 9. “Ele é estudioso e muito curioso também, mas a escola também dá todo o apoio necessário e isso nos deixa bastante felizes”, frisou a mãe.

Durante o evento, a secretária de Educação de Maricá, Adriana Costa, anunciou um novo reajuste para o magistério a partir de janeiro de 2020, da ordem de 13%. A proposta foi enviada pela Prefeitura esta semana para a Câmara Municipal, para deliberação. Será o terceiro aumento obtido pela rede municipal em cerca de um ano – no início de 2019 tinham sido 11% e depois mais 10% neste mês de novembro. “Podemos afirmar que hoje os professores têm um ganho real de salário”, afirmou ela, que falou sobre o legado deixado por prêmios como este.

“Quando se vê alunos nossos sendo premiados depois de tanto esforço, e concorrendo com o brasil inteiro, vemos que é importante despertá-los para se tornarem também pesquisadores”, ressaltou. Para a gerente de Ensino Fundamental Marisa de Souza, o resultado comprova o nível de ensino da rede maricaense. “Encontramos qualidade nos professores e o empenho dos alunos, algo que nos deixa realizados”, resumiu.

Fotos: Clarildo Menezes

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s