Biblioteca itinerante à disposição do público no Centro

O projeto de incentivo à leitura BiblioSesc, parceria entre a Secretaria de Cultura de Maricá e o Serviço Social do Comércio (Sesc), chegou na última quinta-feira (06/02) ao Centro. A biblioteca itinerante – na verdade, um caminhão climatizado, com cerca de três mil livros disponíveis – estacionou na Praça Orlando de Barros Pimentel, onde recebeu visitantes das 11h às 16h30. No próximo dia 20, quem está cadastrado no projeto poderá devolver os livros que pegou e retirar outros.

A BiblioSesc circula por quatro pontos de Maricá, sempre no mesmo dia da semana: Ponta Negra (praça central), às segundas; Itaipuaçu (Praça do Ferreirinha), às terças; Inoã (em frente ao Posto de Saúde), às quartas; e no Centro, às quintas-feiras. Para retirar um livro, basta comparecer a um dos locais com identidade, CPF e comprovante de residência. É possível emprestar até três livros a cada visita.

Para a coordenadora de Literatura da Secretaria de Cultura de Maricá, Suelen Figueiredo, a biblioteca itinerante chegou à cidade como uma mais uma iniciativa para democratizar o acesso aos livros e incentivar a leitura em todos os distritos. “A literatura é uma ferramenta importantíssima para a formação integral do indivíduo. Ela é transformadora, é a mãe de todas as artes”, comemorou Suelen, lembrando que o projeto permanece em Maricá durante todo o ano, podendo ser renovado para 2021.

Segundo a analista do Sesc-Rio Regina Verly, responsável pela biblioteca itinerante, a parceria entre a entidade e a Prefeitura de Maricá tem duração de um ano, e a ideia é oferecer atividades que tenham relação com a literatura em cada local onde o caminhão estacionar, como ciclos de leitura, saraus de poesia, contação de histórias e palestras com escritores., buscando abranger o público de todas as idades e com interesses variados.

“Uma mãe de Inoã veio até nós e disse que o filho era louco por quadrinhos de  super-heróis. Expliquei que temos assinaturas dessas revistas, justamente para atender a esse público. Ela fez o cadastro na hora”, contou Regina.

Entre os livros disponíveis, há das já citadas histórias em quadrinhos a filosofia, passando por biografias, grandes romances, livros infantis e poesia – filosofia que, aliás, foi o tema mais procurado até agora pelos leitores maricaenses, segundo Regina. “Em geral, são adolescentes ou jovens adultos, mas não registramos aquela procura pelos livros de filosofia como obrigação escolar, mas como interesse pelo tema mesmo, de quem já estuda e resolveu se aprofundar”, disse ela.

Mãe de Pedro, 2 anos, Clara, de 5, e Júlia, de 9, Paula Cristina conheceu o projeto em Inoã, onde mora, mas esteve no Centro para devolver os livros que as crianças retiraram na última visita. Ela conta que sempre precisa levar os três à biblioteca, pois todos adoram mexer nas estantes e folhear as obras. “Eu mesma ainda não consegui sentar para ler um livro, é tudo para eles”, brincou ela.

Morador de Itaipuaçu, o despachante Wilson Diniz não conhecia a BiblioSesc, mas resolveu entrar e logo em seguida estava entretido com um livro de Clarice Lispector, de quem disse ser grande fã. “Amo ler e vou me cadastrar. Fiquei maravilhado com esse projeto, vou divulgar ao máximo e tentar trazer muita gente”, afirmou, animado.

Fotos: Evelen Govuêa

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s