Estudantes participam de colheita de milho orgânico

Alunos da Escola Municipal Marcos Vinicius, no Bairro da Amizade, participaram na manhã da última quarta-feira (11/03) de uma atividade muito especial na Fazenda Ibiaci, no Espraiado. As crianças, com idade entre seis e oito anos, ajudaram os funcionários da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, pasta responsável pela administração da propriedade, a colher aproximadamente 20 caixotes de milho.

“Essa é uma parceria com a Secretaria de Educação que tem dado muito certo. Fazemos questão de trazer os alunos da rede pública para participar deste tipo de ação principalmente para que eles saibam de onde está vindo parte da merenda que eles consomem”, afirmou o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Júlio Carolino.

“Além disso, buscamos oferecer aos alunos de Maricá uma experiência de aprendizagem única junto a natureza e bem diferente da que eles vivem em sala de aula. Essas crianças estão tendo a oportunidade de colher não só o milho, mas muitos outros produtos que cultivamos aqui na fazenda, inclusive na próxima semana teremos outra ação com a  colheita da mandioca”, anunciou Júlio.

“Nosso cultivo respeita os ciclos da natureza, ou seja, toda a programação do nosso plantio respeita os ciclos das estações chuvosas, questões da lua, pois como não trabalhamos com irrigação precisamos ficar atentos a tudo isso. Além disso, aqui não foi feito uso de nenhum tipo de veneno ou agrotóxico”, frisou Felipe de Brito, técnico responsável pelo plantio com base agroecológica da Secretaria de Agricultura.

“Esse milharal está sendo colhido com cem dias de plantio, sendo todo ele orgânico e nossa expectativa é colher uma safra de até oito toneladas que, posteriormente, serão destinadas para a merenda das escolas municipais de Maricá”, completou Felipe de Brito. “Particularmente gostaria muito que na minha época de estudante eu tivesse vivido uma experiência como essa que esses alunos estão vivendo e hoje como profissional poder fazer parte desse projeto é espetacular”, avaliou o técnico.

“Nós só podemos colher os milhos com o cabelinho bem seco”, destacou o pequeno Ruan Juan, de 7 anos, mostrando que prestou atenção nas explicações dadas pelo técnico antes da colheita. “Já colhi 20 milhos”, comemorou o aluno.

“Estou achando tudo muito legal. É melhor colher milho que ficar na sala de aula”, disse sorrindo a aluna Ana Beatriz Monteiro, de 6 anos.

“Adoro milho. Está sendo muito legal colher milho porque estou aqui com todos os meus amigos da escola”, disse o aluno Luiz Gustavo, de 6 anos.

“Aprendizagem não é algo que deve ficar retida somente em uma sala de aula. Inciativas como essa só vem a agregar conhecimento aos nossos alunos. Esse contato com a natureza, com o alimento, com o ambiente rural é algo muito positivo, principalmente porque muitas destas crianças nunca tiveram esse tipo de experiência”, avaliou Flavia Oliveira, professora há dez anos da E. M. Marcos Vinicius.

Fotos: Marcos Fabrício

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s