Polos de atendimento oferecem atendimento para pacientes com suspeita do novo coronavírus

Pacientes com suspeita do novo coronavírus já contam com três polos de atendimento exclusivo em Maricá. De acordo com a Secretária de Saúde Simone Costa, as unidades do Centro, de Itaipuaçu e de Ponta Negra contam com medicação injetável, e também medicação para levar para residência, como antitérmico, xarope e antibiótico. Em casos mais graves, as ambulâncias disponíveis fazem a transferência do paciente até o Hospital.

A estrutura, similar à de um hospital de campanha, foi erguida e equipada no terreno do Esporte Clube Maricá para prestar o atendimento. Os espaços que funcionam como a porta de acesso da população ao atendimento de casos do Covid-19.

Nas tendas, que funcionarão todos os dias, das 8h às 20h, os atendimentos serão precedidos de um protocolo de classificação de risco, que determinará a necessidade de urgência para cada caso.

“Os pacientes serão separados até em salas de espera diferentes, evitando o chamado cruzamento de fluxos, que aumenta o risco de contágio. Assim, se uma pessoa tem febre, ficará num espaço com outros que apresentem esse sintoma; se tem febre e tosse, já vai para outra área – cada uma assistida por um médico diferente”, explicou a subsecretária da Rede de Atenção e Saúde Coletiva da Secretaria de Saúde, Solange Oliveira.

Polo de atendimento de Itaipuaçu

A estrutura fica localizada entre as ruas 08 e 09, na esquina com a Rua 34. O local vai funcionar todos os dias de 08h às 20h e tem capacidade para atender até 600 pessoas por dia.

Na entrada do polo, os pacientes e acompanhantes tem acesso a um lavatório com água, sabão e álcool em gel para higienização das mãos. Antes de passar pela avaliação médica, os pacientes são divididos em duas alas, com ou sem febre. Os idosos são atendidos separadamente dos demais grupos.

Polo de atendimento de Ponta Negra

O espaço fica na Rua Capitão José Caetano de Oliveira e, assim como os do Centro e de Itaipuaçu, tem capacidade para realizar até 500 atendimentos por dia. A estrutura conta com quatro médicos, cinco enfermeiros três técnicos de enfermagem e um auxiliar de farmácia (responsável pela distribuição de medicamentos relacionados a sintomas de gripe), além de seis servidores na administração e quatro para a limpeza dos locais, além de duas ambulâncias para remoções em casos mais graves.

Fotos: Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s