Barreiras sanitárias nos acessos a Maricá

 

O retorno da bandeira Laranja em Maricá durante o feriado prolongado de Corpus Christi, traz de volta também, entre outras medidas de combate à expansão do novo coronavírus, as barreiras sanitárias instaladas nas principais entradas da cidade. Até as 18h de domingo (14/06) só poderá entrar na cidade quem comprovar ser morador através de algum documento. As barreiras serão instaladas na Estrada dos Cajueiros, na rodovia RJ-106 (altura do Calaboca), Recanto de Itaipuaçu, Zacarias (Barra), Ubatiba e Ponta Negra. A novidade será o bloqueio montado em Manoel Ribeiro, na entrada para Bambuí.

De acordo com o secretário de Ordem Pública e Gabinete Institucional, Júlio César Veras, a quantidade de barreiras na cidade poderá aumentar de acordo com a necessidade. “Desde o início tínhamos essa condição dependendo da observação que fosse feita. No caso de Bambuí, fomos informados de que se tornou uma rota alternativa, usada por muitos para entrar na cidade. Por isso estabelecemos essa nova barreira”, explicou o secretário.

Durante o fim de semana prolongado, o efetivo aproximado de agentes de segurança será de 350 homens e mulheres, dos quais 120 são do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) somados aos integrantes da Guarda Municipal e agentes de trânsito e Defesa Civil. Ainda segundo Veras, haverá vigilância fixa em áreas de circulação como as orlas de Araçatiba e das Amendoeira (em  São José do Imbassaí). Quem quiser denunciar um grupo numeroso de pessoas juntas em algum local da cidade pode utilizar o Disk Aglomeração, cujo número é 96809-1516.

Como já ocorreu no feriado do Dia do Trabalhador, em 1º de maio, esse retorno ao Laranja significa restrição à utilização de locais públicos de lazer como praias, lagoas, praças e parques. Fica suspenso também o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, exceto: supermercados; farmácias; hospitais, laboratórios e similares para atendimento de urgência, estabelecimentos bancários e casas lotéricas, lojas de conveniência, mercados, açougues, aviários, hortifrutis, comércios varejistas de alimentação animal e estabelecimentos de varejo e comercialização de produtos alimentícios. Já comércios como bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias, açaiterias, cafeterias e similares voltam a atender somente por delivery.

É importante frisar que todos os estabelecimentos autorizados a funcionar devem cumprir as regras de segurança como distanciamento social de um metro e meio entre as pessoas, reforçar a higienização dos equipamentos e produtos, e orientar a utilização de máscaras por todos os cidadãos, além de disponibilizar na entrada e saída frasco de álcool 70%, garantir a circulação de ar com, no mínimo, uma porta ou uma janela aberta, dispor de comunicados que instruam os clientes e funcionários sobre as normas de proteção que estão em vigência no estabelecimento, entre outras medidas de segurança.

Fotos: Clarildo Menezes e Evelen Gouvêa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s