Marilá- edição Setembro 2020

Preponderância Local
Estamos de volta com mais notícias das terras de Marilá, que é muito parecida com a cidade de Cá, mas não se engane. Qualquer semelhança não passa de mera coincidência.
O pleito eleitoral das vilas da Terra Brasílis se aproxima. O momento mais mágico e participativo desde que as grandes revoluções inventaram a democracia. O momento em que a plebe decide se está sendo agraciada por bons alcaídes ou se está sendo governada por tiranos que devem ser depostos. 
Nesse pleito, porém, nossa querida vila de Marilá se destaca dentre as outras. Seu alcaide trás consigo um legado de transformações que beneficiam a população e seu combate à Grande Peste o deixou em grande proeminência na região do Reino Cariocas.
A vida do povo marilaense está tão boa que a plebe das vilas vizinhas começam a se questionar por que seus próprios alcaides também não fazem o mesmo por suas terras. Tanto que os que pleiteiam as vagas eletivas nas vilas vizinhas buscam Marilá como inspiração nas suas propostas e no apoio logístico para repetir seus feitos. É o caso do Rio das Pedras Bonitas, conhecido na língua nativa como Ita Porã Í, ou Santo Gonçalves.
Ambas as vilas buscam inspiração em Maricá pra resolver seus problemas, onde as mumbulás e as charretes rubras beneficiam toda a população. Tanto que no caso de Rio das Pedras o ex-opositor de QuasQuas e Fabianus, Marcelus Delarolis vendo as benfeitorias que a plebe esbanjava resolveu se redimir e aderir à revolução levando ela pra fora das fronteiras de nossa vila. Agora, levando as propostas que transformaram Marilá em referência, ele é o pleiteador com mais chance de se tornar alcaíde do local.
Assim também é o caso de Santo Gonçalus, onde Dimais Gadelhas, candidato que apesar do nome, não possui uma cabeleira, também se aproxima de Marilá para buscar inspiração. Sua proximidade com a nossa vila é tão grande que até a vila de Nichteroy, que sempre teve grande influência em sua vila satélite desistiu de impor um alcaide próprio para se juntar a Marilá e Dimais na disputa local.
Desse jeito, nossa querida vila vai ganhando preponderância sobre as terras mais próximas e vai virando pólo de prosperidade e inspiração ideológica. Só nos resta agora torcer para que os vizinhos de nossa vila tomem a decisão correta e para que as boas práticas de benfeitorias de Marilá cheguem bem sucedidas às vilas vizinhas e, um dia, a todo o Reino Cariocas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s