Prefeitura alerta para fake news sobre vacinação contra Covid-19

A Prefeitura, através da Secretaria Saúde, informa que é falsa a informação que está sendo difundida na internet e através de aplicativos de mensagens a respeito de um suposto cadastramento em unidades de Saúde para imunização de idosos com idade entre 90 a 94 anos. De acordo com a secretaria, este grupo só será vacinado após o contingente de idosos com idades entre 95 a 99 anos ter recebido o imunizante, que é a fase atual.  

A faixa de 90 a 94 será atendida tão logo as doses prometidas sejam efetivamente enviadas pela autoridade estadual. O planejado é contemplar esses idosos, um grupo estimado em 522 pessoas, conforme cadastro atual já feito na Estratégia de Saúde da Família. O calendário, no entanto, depende diretamente dessa distribuição.

A Prefeitura reitera, ainda, que a população busque as informações oficiais nos canais institucionais de Comunicação do município, seja no site ou nas redes sociais oficiais. Não há qualquer cadastro em andamento para novos idosos e a recomendação é a de que estes aguardem as equipes de vacinação em casa.  

Com relação ao avanço da imunização, a Prefeitura informa que não recebeu ainda, do estado, quantidades de doses suficientes para que todos os grupos prioritários fossem imunizados simultaneamente. Com isso o município está sendo obrigado a avançar aos poucos – já que a imunização se dá em duas doses – enquanto aguarda o envio de mais remessas por parte da Secretaria Estadual de Saúde, órgão que coordena a distribuição dos imunizantes para todos os municípios do estado do Rio.

Neste momento, a Prefeitura está fechando a 4° Semana Vacinal de Maricá (o fechamento ocorre sempre às quartas-feiras). Nas semanas 5 e 6, a previsão é a de vacinar idosos de 95 anos ou mais, além de avançar na vacinação dos profissionais de Saúde da linha de frente, o que inclui, por exemplo, pessoal de suporte e administrativo nas unidades de Saúde – que também estão expostos a um risco maior de contágio por conta da proximidade com a doença.

O planejamento da Prefeitura segue os critérios de priorização e diretrizes do Plano Nacional de Saúde, mas o agendamento da vacinação de cada grupo depende da disponibilização das vacinas pelo MS.

É importante lembrar que as 4540 doses recebidas da CoronaVac representam 2.270 pessoas vacinadas (são duas doses). As 1.040 doses da vacina da AstraZeneca representam a primeira dose de vacina para o mesmo número de pessoas. Extraída a margem de 5% de perdas das doses recebidas, são 3.144 pessoas a serem imunizadas na primeira fase de vacinação do primeiro grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s